ANTHONY TROLLOPE - ROMANCISTA BRITÂNICO

Anthony Trollope
Anthony Trollope nasceu em Londres, Inglaterra, em 24 de abril de 1815. Em 1841 foi enviado como funcionário dos correios para a Irlanda, onde escreveu seis romances sobre a vida no imaginário condado britânico de Barsetshire. Iniciada com The Warden (1855; O guardião) e finalizada com The Last Chronicle of Barset (1867; A última crônica de Barset), a série prima pelos personagens memoráveis, que revelam a atmosfera dogmática em que vivia a aristocracia rural. Já em Londres, Trollope abandonou o serviço público em 1867 para dedicar-se à carreira literária. No ano seguinte, disputou sem sucesso uma vaga no Parlamento, pelo Partido Liberal.

Além de romances políticos, Trollope escreveu estudos que mostram sua refinada percepção psicológica e traçam um fiel retrato da época vitoriana.

Em 1869, teve início o período mais interessante de sua produção literária, que se caracteriza pelo equilíbrio entre a crítica social, sempre moderada, e a análise psicológica. Nessa fase, o autor produziu The Eustace Diamonds (1873; Os diamantes Eustace), que aborda a influência do dinheiro sobre as relações amorosas, e The Duke's Children (1880; Os filhos do duque), análise dos perigos e problemas do casamento. Muitos consideram The Way We Live Now (1875; Como vivemos agora) sua obra-prima. Trollope morreu em Londres, em 6 de dezembro de 1882.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe