ANTÔNIO TORRES - ESCRITOR BRASILEIRO

Antônio Torres
Antônio dos Santos Torres nasceu em Diamantina (MG), em 31 de outubro de 1885. Inicialmente sacerdote e poeta místico, abandonou a batina em decorrência de atritos provocados por artigos que escrevera contra a catequese dos índios empreendida por padres estrangeiros. Livre da obediência à hierarquia eclesial, passou a colaborar em publicações de grande prestígio na época, como os jornais O País, Correio da Manhã, Gazeta de São Paulo e a revista ABC.

Um dos mais veementes polemistas da imprensa, o escritor e ensaísta Antônio Torres teve como alvos prediletos a colônia portuguesa, o jornalista Paulo Barreto, o poeta Hermes Fontes, Antônio Austregésilo, Ataulfo de Paiva e Félix Pacheco.

Publicou os livros Verdades indiscretas (1920), Pasquinadas cariocas (1921) e Prós e contras (1922). Embora não tenha participado do movimento modernista de 1922, seus escritos contribuíram para desmoralizar os parnasianos e passadistas. Em 1925 publicou As razões da inconfidência. Nomeado cônsul do Brasil em Londres, Antônio Torres foi mais tarde transferido para a cidade alemã de Hamburgo, onde morreu em 16 de julho de 1934.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe