ARARIBÓIA - CACIQUE

Supostamente nascido no Espírito Santo, para onde sua tribo tinha sido expulsa pelos tamoios, Araribóia, nome que significa cobra feroz, participou, em 1565, da fundação do Rio de Janeiro, ao lado de Estácio de Sá. Este viera ao Brasil a chamado do governador geral Mem de Sá, seu tio, para ajudá-lo a expulsar as tropas do comandante francês Nicolau Durand de Villegaignon, que alguns anos antes se estabelecera, com cerca de 600 homens, no lado ocidental da baía de Guanabara. Seu propósito era fundar no local a França Antártica, onde encontrariam morada os protestantes, então perseguidos na França.

Araribóia
À frente de guerreiros temiminós, o cacique Araribóia desempenhou papel decisivo na expulsão dos franceses e seus aliados tamoios do Rio de Janeiro, no início da colonização portuguesa.

Os franceses, que contavam com a ajuda dos tamoios, foram derrotados pelas tropas portuguesas (1567), graças principalmente à ajuda dos temiminós, chefiados por Araribóia. Em reconhecimento aos serviços prestados às armas portuguesas foram-lhe concedidos o hábito de cavaleiro da Ordem de Cristo, a sesmaria de São Lourenço, no lado oriental da baía de Guanabara, e o posto de capitão-mor da aldeia de mesmo nome, atual cidade de Niterói.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe