AMÍLCAR CABRAL - POLÍTICO DE GUINÉ-BISSAU

Amílcar Cabral
Amílcar Cabral nasceu em Bafata, Guiné-Bissau, em 1921. Estudou agronomia em Londres, onde em 1948 ajudou a fundar o Centro de Estudos Africanos. De volta à Âfrica, organizou em 1956 o Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), de que se tornou secretário-geral. Nesse mesmo ano colaborou com Agostinho Neto na formaçóo do Movimento Popular da Libertaçóo de Angola (MPLA). 

Considerado um dos mais hábeis líderes políticos africanos, Amílcar Cabral criou as condições para a tornar a Guiné-Bissau independente de Portugal.

Em janeiro de 1963, sob sua liderança, o PAIGC iniciou uma bem-sucedida guerra de libertaçóo contra o colonialismo português e, nove anos mais tarde, Cabral criou a Assembléia Popular da Guiné, instrumento indispensável à independência do país. Luís Cabral, seu irmão, assumiu a secretaria geral do PAIGC e a presidência de um conselho de estado que em 10 de janeiro de 1973 proclamou a independência das  áreas já libertadas e constituiu a República da   Guiné-Bissau. Amílcar Cabral morreu assassinado em Conakry, capital da Guiné, em 20 de janeiro de 1973.

Gostou? Compartilhe: