ANTOINE DE SAINT-EXUPÉRY - ESCRITOR FRANCÊS

Antoine de Saint-Exupéry
Antoine-Marie-Roger de Saint-Exupéry nasceu em Lyon, França, em 29 de junho de 1900, oriundo de família aristocrática empobrecida. Obteve licença de piloto em 1922, no serviço militar, e quatro anos depois ingressou na aviação pela companhia Latécoère. Ajudou a implantar rotas de correio aéreo na África, América do Sul e Atlântico sul, além de ter sido pioneiro nos vôos Paris-Saigon e Nova York-Terra do Fogo. Nessa época, publicou o primeiro livro, Courrier-Sud (1929; Correio do sul).

A aviação foi, para Saint-Exupéry, fonte de ação heróica e novo tema literário: exalta a aventura com risco de vida como suprema realização humana. Sua obra é o testemunho singular de um piloto de guerra com alma de poeta.

Na década de 1930, trabalhou como piloto de provas, adido de publicidade para a companhia aérea Air-France e repórter do Paris-Soir. Em seu segundo romance, Vol de nuit (1931; Vôo noturno), exaltou os primeiros pilotos comerciais, que enfrentavam a morte no cumprimento do dever. Registrou suas próprias aventuras em Terre des hommes (1939; Terra dos homens).

Em 1939, apesar das deficiências físicas causadas por acidentes aéreos, serviu na aviação aliada. Com a queda da França em poder dos nazistas, fugiu para os Estados Unidos. Ali, escreveu Lettre à un otage (1943; Carta a um refém), exortação à unidade dos franceses, e Le Petit Prince (1943; O pequeno príncipe), fábula infantil para adultos, traduzida no mundo inteiro. Seu pessimismo transparece em Citadelle (1948; Cidadela), volume póstumo de reflexões, no qual expressa a convicção de que o homem deve ser repositório dos valores da civilização. Em 1943, voltou à força aérea no norte da África e morreu em missão, em 31 de julho de 1944.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe