ANTOINE-LAURENT LAVOISIER - QUÍMICO FRANCÊS

Antoine-Laurent Lavoisier
Antoine-Laurent Lavoisier nasceu em Paris, em 26 de agosto de 1743. Dedicou-se ao mesmo tempo à política e à ciência, e em 1768, quatro anos após concluir os estudos, ingressou na Académie des Sciences. Membro da Ferme Générale, primeiro organismo de arrecadação de impostos, ocupou o cargo de inspetor-geral da fabricação de pólvora.

A influência das idéias alquimistas, de inspiração grega e oriental, perdurou na Europa até quase o fim da idade moderna. Muitos tentaram estabelecer para a química regras e princípios racionais, semelhantes aos que governavam a física e outras ciências, mas coube a Lavoisier lançar seus alicerces verdadeiros.

As primeiras pesquisas científicas de Lavoisier se concentraram na determinação das variações de peso sofridas pelos corpos quando queimados. Comprovou que essas variações são provocadas por um gás, de aspecto semelhante ao do ar atmosférico, que batizou com o nome de oxigênio. Em 1777 conseguiu decompor o ar em oxigênio e nitrogênio e depois recompô-lo a partir desses elementos.

Apoiado no trabalho experimental, definiu a matéria por sua propriedade de ter um peso determinado, conceito que desenvolveu paralelamente a um aperfeiçoamento da balança. Enunciou também a lei da conservação da massa nas reações, fundamental na história da química, e identificou a noção de elemento como aquela substância que não pode ser decomposta pela ação de processos químicos. Realizou as primeiras medições calorimétricas e estudou, em conjunto com Pierre-Simon Laplace, a respiração animal como resultado de fenômenos de combustão interna dos tecidos sob a ação do oxigênio.

No Traité élémentaire de chimie (1789; Tratado elementar de química), Lavoisier propôs uma nomenclatura química sistemática e racional e demoliu as teorias flogísticas da combustão metálica. O flogístico ou flogisto era um fluido hipotético imaginado pelos químicos da época para explicar a combustão.

Suplente de deputado nos Estados Gerais de 1789, após a revolução francesa, Lavoisier foi depois nomeado sucessivamente membro da comissão incumbida de estabelecer o novo sistema de pesos e medidas e secretário do Tesouro. Nessa época, escreveu De la richesse territoriale du royaume de France (Sobre a riqueza territorial do reino da França), tratado sobre economia e distribuição da riqueza. Em 1793, a convenção nacional, governo da revolução, decretou a prisão dos coletores de impostos, entre os quais se encontrava Lavoisier. Condenado à morte, ele foi guilhotinado em Paris, em 8 de maio de 1794.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe