ANTÔNIO CARLOS DE MARIZ E BARROS - MILITAR BRASILEIRO

Antônio Carlos de Mariz e Barros
Antônio Carlos de Mariz e Barros nasceu em 7 de março de 1835, no Rio de Janeiro (RJ). Filho do almirante Joaquim José Inácio, visconde de Inhaúma, decidiu seguir a carreira do pai e ingressar na Marinha. No comando da canhoneira Campista, patrulhou a costa brasileira para impedir o tráfico de escravos. Realizou em 1862 uma viagem de exploração do rio Amazonas, que documentou no livro Roteiro de viagem da corveta Belmonte pelo rio Amazonas (1863). Como guarda-marinha, distinguiu-se na tomada de Paysandú, em janeiro de 1865, episódio da campanha do Uruguai cujo desfecho foi fundamental para a vitória brasileira.

Herói da guerra do Paraguai, o capitão Mariz e Barros, morreu em combate quando comandava o encouraçado Tamandaré.

Mariz e Barros foi o primeiro comandante do encouraçado Tamandaré, que, na guerra do Paraguai, participou dos combates nas barrancas do rio Paraná, no início de 1866. Na defesa do forte de Itapiru, foi ferido juntamente com outros 33 tripulantes. Teve a perna esquerda amputada, mas não resistiu aos ferimentos e morreu a bordo do navio-hospital Onze de Julho, em 28 de março de 1866.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe