ANA BOLENA - RAINHA DA INGLETERRA

Ana Bolena
Ana Bolena (em inglês Anne Boleyn) nasceu por volta de 1507, filha de Sir Thomas Boleyn, último conde de Wiltshire e Ormonde. Passou parte da infância na França e voltou à corte inglesa em 1522. Pouco depois, o rei Henrique VIII começou a interessar-se por ela, chegando a impedir seu casamento com Lord Henry Percy. Em 1527, o monarca inglês iniciou as negociações para obter a anulação do casamento com sua primeira esposa, Catarina de Aragão, mas durante seis anos o papa Clemente VII se opôs a isso. Ana Bolena e o rei se casaram então em segredo, em 25 de janeiro de 1533; quatro meses depois, Henrique VIII fez com que o arcebispo de Canterbury declarasse nula sua união com Catarina. A conseqüente separação definitiva entre a Inglaterra e Roma punha, assim, o ponto final num longo período de intrigas.

A histórica ruptura da Inglaterra com a Igreja Católica, consumada durante o reinado de Henrique VIII, teve origem na pessoa de Ana Bolena, popularmente chamada "Ana dos mil dias", por causa de seu breve reinado.

Ana, no entanto, não pôde satisfazer o rei no que ele pretendia acima de tudo: ter um herdeiro varão para a coroa. Em setembro de 1533, a rainha deu à luz uma menina, a futura Isabel I da Inglaterra. Henrique VIII logo perdeu o interesse pela esposa, que, por outro lado, ficava cada vez mais impopular na corte. Em 2 de maio de 1536, Ana Bolena foi encarcerada na torre de Londres sob a acusação de vários adultérios e de incesto com seu próprio irmão. Foi decapitada em 19 de maio. Livre outra vez do vínculo matrimonial, 11 dias depois, Henrique VIII casou-se com Jane Seymour.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe