ANDRÉ DERAIN - ARTISTA FRANCÊS

André Derain
André Derain nasceu em Chatou, França, em 10 de junho de 1880. Estudou pintura em Paris e, por volta de 1900, ligou-se a Maurice de Vlaminck e a Matisse, com os quais se tornou um dos principais pintores fauvistas.

Entusiasmado por Van Gogh e pelo uso de cores puras, Derain se perfilou entre os "bárbaros" que ousaram levar ainda mais longe as pesquisas dos impressionistas, para fazer da arte moderna um esforço permanente de libertação criadora.

Nessa fase, pintou figuras e paisagens em brilhantes cores chapadas, recorrendo a traços impulsivos e a pinceladas descontínuas para obter suas composições espontâneas. Após romper com o fauvismo, em 1908, sofreu influências de Cézanne e depois do cubismo. Na década de 1920, seus nus, retratos e naturezas-mortas haviam adquirido uma entonação neoclássica, com o gradual desaparecimento da gestualidade espontânea das primeiras obras. Seu estilo, desde então, não mudou.

Notável ilustrador de obras literárias, de Ovídio, Rabelais, Apollinaire e Max Jacob, entre outros, Derain morreu em Garches, perto de Paris, em 8 de setembro de 1954.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe