ANDRÉ VIDAL DE NEGREIROS - CHEFE A INSURREIÇÃO PERNAMBUCANA

André Vidal de Negreiros
André Vidal de Negreiros nasceu no engenho São João, na Paraíba, em 1606. Aos 18 anos alistou-se para combater os holandeses, finalmente expulsos da Bahia. Após oito anos em Portugal e Espanha, voltou ao Brasil para lutar contra o governo de Maurício de Nassau, instalado em Pernambuco e capitanias vizinhas. Lutou ao lado de João Fernandes Vieira, Henrique Dias e Filipe Camarão nas duas batalhas de Guararapes. Nassau ofereceu dois mil florins por sua cabeça, ao que Negreiros respondeu com uma oferta de seis mil cruzados pela cabeça do conde holandês.

A insurreição pernambucana teve em Vidal de Negreiros uma de suas principais figuras de chefe e inspirador. Por ocasião de negociações dos holandeses com D. João IV, que pretendia sustar o movimento pernambucano, Negreiros afirmou que antes expulsariam o invasor e depois receberiam o castigo pela desobediência.

Herói do combate da Casa Forte, entrou em Recife com seus companheiros e, após a rendição final dos holandeses, foi escolhido para levar a Lisboa a notícia da vitória. Foi condecorado e nomeado governador-geral do estado do Maranhão e do Grão-Pará, em 1655. Foi governador de Pernambuco (1657-1661 e 1667) e de Angola, na África (1661-1666). Morreu no Engenho Novo da Vila de Goiana, Pernambuco, em 3 de fevereiro de 1680.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe