YASSER ARAFAT - LÍDER POLÍTICO DA PALESTINA

Mohamed Abed Arouf Arafat (mais conhecido como Yasser Arafat) nasceu em Jerusalém em 24 de agosto de 1929. Filho de um abastado comerciante, formou-se em engenharia civil na Universidade do Cairo. Integrou o exército da República Árabe Unida e participou do conflito de Suez em 1956. Mais tarde fundou no Kuwait o al-Fatah, grupo de resistência que passou a atuar como braço armado da Organização para a Libertação da Palestina (OLP).

Líder de um povo despojado de suas terras durante décadas, Yasser Arafat lutou pela criação de um estado palestino em territórios ocupados por Israel.

Arafat assumiu o comando da OLP em 1968, dois anos antes de eclodir o conflito entre guerrilheiros palestinos e o exército do rei Hussein, da Jordânia, que acolhera a organização em seu território. O episódio resultou na expulsão do grupo para o sul do Líbano. Na década de 1970, Arafat procurou diminuir a atividade terrorista da OLP e buscou apoio internacional para a causa palestina. Em 1974 destacou-se como primeiro representante de uma organização não-governamental a discursar no plenário da Assembléia Geral das Nações Unidas. Em 31 de março de 1989, Arafat elegeu-se presidente de um estado palestino na Cisjordânia e na faixa de Gaza, proclamado pelo Conselho Nacional da OLP em 15 de novembro de 1988. 
Em 13 de setembro de 1993 assinou na Casa Branca, em Washington, juntamente com o primeiro-ministro israelense Yitzhak Rabin, um acordo que daria autonomia gradual aos palestinos da Cisjordânia e da faixa de Gaza. Em 1994 Arafat recebeu o Prêmio Nobel da paz, juntamente com Rabin e Shimon Peres, ministro do Exterior de Israel.

Gostou? Compartilhe:

0 comentários:

Posts Relacionados

CityGlobe